Sábado - 02:23 - Madrugada

>> sábado, 30 de maio de 2009

Chorando eu escrevo essas linhas. Chorando porque tomei a pior decisão que eu poderia tomar. A de dizer ''adeus'' a anna. Eu sei que todos nós sabemos que ela não é perfeita. Que ela nos faz mal, e que é uma doença. Mas eu nunca vi ela assim. Nunca. Mesmo quando meu estômago doía de fome, eu não condenava a ana. Ela foi minha amiga. Sim, amiga. Me abraçou com ternura e me disse ''bem, matew, meu velho. vamos emagrecer, não vamos?'' e me ajudou, e guiou, e motivou, e me mostrou todo um mundo novo. Um mundo da beleza, onde só há ossos. Onde eu posso sonhar que sou leve sem medo, porque ela realmente me faria ficar leve! Onde nós poderíamos caminhar pela neve sem deixar pegadas...e eu amo a anna. E eu não podia deixa-la, porque ela era tudo que eu tinha. E dói no fundo do meu peito ter que escrever isso no passado. Dói ter que ceder e abandonar meus LF's/NF's e dietas. Eu não entendo ainda qual foi meu grande crime, sabe? Ora. Ninguém pode ser julgado por nada. Muito menos por querer ser melhor. Por querer se ver no espelho e ficar satisfeito com o que vê! Por querer poder tirar a camisa em publico. Por querer poder ir a um show numa praia com amigos sem se preocupar com suas banhas balançando por aí...e eu só queria isso. Eu juro. Eu só queria ser um garoto feliz. Mas eu confiei nos meus amigos, e disse que tinha conhecido a anna. Talvez tenha feito a coisa certa, depois de tanto relutar. Mas nem sempre a coisa certa é a que nós queremos né? Fazer o que? Agora, eles resolveram se ocupar de mim. Vou a consultórios psicólogos. Como todos os dias e faço minhas refeições regularmente. Ou pelo menos eu tento. Ontem e hoje não almocei. Não consegui. Mas comi pães. Eu quero ficar melhor, para que todo esse sofrimento acabe. Mas não vou me esquecer de vocês, queridos. NUNCA! Saiba que eu sempre vou ficar vindo aqui visitar vocês e ler seus textos, mesmo que não deixe comentários. Porque vocês estiveram comigo todo o tempo e me apoiaram e deram forças. E eu sou eternamente grato a vocês por isso. Mesmo com meu fracasso, quero que vocês me tomem como exemplo. Exemplo de como não fazer coisas erradas. Contar para amigos. Nunca contem! Vocês tem uns aos outros! Eu contei e é isso que acontece! Eles sofrem, eles te repreendem, falam de morte e de hospital, e de doenças e ficam tentanto buscar razões e por quês..."Mas você já é magro! Você sempre foi lindo assim! Você é tão inteligente!" Agora nunca mais vou dividir meus segredos com eles. Nunca mais. Enfim, eu sei que quando eu estiver 100% fora da anna, vai ser difícil enxergar vocês como enxergo agora, mas não interessa. Uma vez anna, sempre anna! Nem que seja espiritualmente. Eu amo vocês, amo muito. Continuem suas coisas por mim. Eu vou ficar feliz. Não entendo como uma pessoa pode ser gorda e feliz, mas vou tentar.

Um beijo no coração de vocês,
me mostrem seus ossos.

Força sempre!

matew n binn.

6 comentários:

Safire Williams 2 de junho de 2009 03:02  

Hi, Matew! Adorei este post! Eu não conhecia seu blog. Eu queria que as pessoas me explicassem como elas conseguem carregar tanto peso e se sentirem felizes. Eu vejo uma pessoa muito próxima que pesa mais de 100kgs e tem 1.68m, se olhando no espelho, enchendo a cara de maquiagem e comprando roupas e mil roupas se chando linda e quando eu falo que ela tem que emagrecer, ela diz: Você é mais baixa que eu, por isto pesa menos...

Eu peso quase que a metade do que ela pesa... Eu não tenho inveja do peso dela, mas queria não me importar com o meu.

Não dá pra confiar em ninguém, eu fui confiar nela e falar que não me sentia bem e queria emagrecer e ela foi logo falando:vc já é magra, pra que isto?
Que raiva!

Enfim, vou voltar pra te visitar:-) Gostei daqui!

Menino_ 4 de junho de 2009 22:43  

Estarei sempre contigo.
Gostei do texto... infelizmente, eu já fui tanto a psicólogos que eles já não servem mais... eu consigo enganá-los facilmente... enfim, sorte sempre.
;***

Léo da Silva 5 de junho de 2009 11:00  

Li teu comentário mais tua postagem. Entendo a tua situação, afinal, espero que tudo bem para ti.

Ex-psicoterapeuta e eu nunca conversamos sobre os transtornos, só outras coisas... Mas, daqui a pouco vou pedir encaminhamento para psiquiatra. Porque eu estou precisando de antidepressivos, antisioliticos, etc. E desabafar muito, menos T.A. claro!

Espero que você fica bem, eu compreendi pelo o que tu falou tudinho.

Melhoras sempre, querido

TE AMO!

:*

Arruda ") 13 de maio de 2010 00:43  

Juro que quando li seu post, tentei ver o seu lado, sua opinião, mas não consegui encontrar alguma justificativa pra você ser tão obcecado por ossos ;P
Eu tenho 1,75 e peso 59 quilos. Sinto-me normal, super bem comigo mesmo. Mas acho que você me veria como um obeso, enorme, ridículo, sujo, como os adeptos da anna chamam os "gordos".
Espero que tu melhores e que entenda o lado dos teus amigos também, eles só querem te ver bem (por mais manjada que esta frase seja).

Fallen Angel 3 de dezembro de 2010 21:26  

nossa , mais de 2 anos depois eu venho achar esse blog lindo .
amei o post , e chorei lendo tbm , eu não consigo ver a ana como uma doença , não consigo , e me doi e me da um alivio vendo as pessoas saindo dela , ao mesmo tempo , um blog , uma vida toda , espero que voce ache o caminho de luz , fora da ana , amigos hoje em dia realmente não existem , eu não entendo qual é o problema em querer se sentir bonito e feliz por dentro , não sei . as pessoas são egoistas , nunca veem o nosso lado , sempre tentando achar um porque , ou uam explicação pra tudo , mas nem tudo em explicação .
bem , lindo seu blog , e espero de coração que voce saia dessa vida , espero que voce consiga , sei que não é faacil , eu mesma ja tentei , e não consegui , a ana agora ja faz parte de mim , ja esta dentro de mim , e eu não quero que ela saia , porque por mais loucura que pareça , ela me deixa e me fez feliz , e não existe sensação melhor no mundo do que se sentir uma borboleta .
enfim , se voce ler isso algum dia , espero que voce esteja bem , provavelmente voce nunca vai ler , afinal ja se passaram mais de 2 anos , e , se voce ler , eu provavelmente nunca vou saber , mas nunca perderei as esperanças .


tchau ex- garoto anna .
foi bom te conhecer .
se algum dia voce ler isso , me faça uma visitinha , adorarei saber como voce anda .
seja feliz sem a ana , o mundo é lindo la fora :)

Anônimo,  12 de dezembro de 2010 15:49  

Ai, eu tô tão preocupada com vc ><
Visito sempre o seu blog, mas, vc nunca mais postou. e adorei esse ultimo post, mas vc já o postou a tanto tempo... cade vc? esta bem? era só isso mesmo...

Postar um comentário

  © Blogger template Werd by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP